Distúrbio do Sono: Sintomas, Tratamentos e Causas

por | 01/12/2021

Distúrbio do Sono: Sintomas, Tratamentos e Causas

Existem diversos tipos de distúrbio do sono, assim, para realizar um tratamento eficiente, é essencial descobrir a causa do problema, para solucioná-lo por completo ao invés de mitigar, apenas, os sintomas. 

O termo distúrbio do sono é usado para representar algumas doenças e condições que prejudicam diretamente o sono das pessoas, o que pode afetar a sua qualidade de vida e bem-estar.

Essas doenças e condições podem ser desenvolvidas por diferentes motivos, mas, geralmente, estresse, ansiedade, sedentarismo e hábitos alimentares ruins são capazes de desenvolver um distúrbio do sono específico, como é o caso da insônia, apneia do sono, parassonias, entre outros.

No caso das parassonias, por exemplo, a pessoa começa a apresentar comportamentos anormais ou, inclusive, ter episódios psicológicos anormais que afetam o seu sono. Essa condição provoca o distúrbio do sono em diversas fases, como sono-vigília, sono profundo e despertares frequentes durante a noite. 

Porém, ao descobrir a causa, é possível valer-se de diversas estratégias para solucionar tal transtorno. 

Quer saber mais quais são as estratégias que usamos no Instituto Neurológico do ES para resolver esses distúrbios?

Confira no texto a seguir. 

O que é o Distúrbio do Sono? 

Como dito antes, o distúrbio do sono pode ser caracterizado como uma condição ou doença que interfere diretamente na qualidade do sono de uma pessoa. De certo modo, essa situação pode levar o paciente a desenvolver diferentes problemas, como irritabilidade, perda de memória, comprometimento da criatividade, cansaço excessivo, diminuição do raciocínio, entre outros. 

Esse conjunto de distúrbios do sono pode ser ocasionado por diferentes motivos e, ao contrário do que se pensa, nem sempre está associado a doenças físicas, emocionais e mentais. Há a possibilidade de ele ser desenvolvido por conta de hábitos ruins. 

Saiba que o consumo excessivo de cafeína, drogas, bebidas alcoólicas, medicamentos e, até mesmo, o vício em celular antes de dormir são hábitos prejudiciais ao sono, bem como à sua saúde no geral, o que afeta a sua qualidade de vida. 

Principais tipos de Distúrbio do Sono

Existem diversos tipos de distúrbios que interferem diretamente na qualidade do sono das pessoas, a começar pelas parassonias, que são eventos físicos ou experiências em diferentes fases. Esse transtorno pode prejudicar tanto o processo de indução ao sono quanto a obtenção de um estágio de sono profundo. Igualmente, pode ser nociva ao processo de despertar. 

Em tese, nas parassonias, a pessoa pode até conseguir dormir, no entanto, ela não consegue atingir um sono reparador, o que desencadeia a sensação de cansaço ainda maior, justamente, pelo fato de haver comportamentos prejudiciais durante esse momento.

Mas, existem outras condições também vistas como distúrbio além das parassonias, como:

  • Sonambulismo; 
  • Insônia; 
  • Ronco e apneia obstrutiva do sono (AOS);
  • Bruxismo; 
  • Síndrome das pernas inquietas (SPI);
  • Paralisia do sono; 
  • Sonolência excessiva durante o dia; 
  • Narcolepsia.

Os sintomas do Distúrbio do Sono 

A depender da condição desenvolvida pela pessoa, é possível apresentar sintomas específicos. Por exemplo, nas parassonias, os principais sintomas são a enurese noturna, terror noturno, despertar confusional (acordar confuso ou desorientado), falar durante o sono, entre outros. 

As parassonias também podem apresentar pesadelos, paralisia do sono, bruxismo e outros sintomas relacionados a outras condições de distúrbio do sono, por isso, é essencial ficar atento. 

Por outro lado, existem muitos outros sintomas percebidos com frequência pelo Inest em pacientes diagnosticados com algum tipo de distúrbio do sono, como:

  • Fadiga diurna; 
  • Desejo de dormir durante o dia;
  • Dificuldade em adormecer;
  • Dificuldade em permanecer dormindo;
  • Falta de concentração;
  • Irritabilidade ou ansiedade;
  • Comportamentos incomuns durante o sono;
  • Depressão.

Como tratar o Distúrbio do Sono 

O processo de tratamento de um distúrbio, como as parassonias, pode ser feito com diferentes abordagens. No Instituto Neurológico do ES, o método de tratamento dependerá da causa do problema, pois, assim, pode-se focar no agente problemático, e não apenas nos sintomas. 

Nesse caso, o primeiro passo é identificar o tipo de distúrbio do sono e, a partir disso, observar a possibilidade de tratá-lo com mudanças pontuais em sua rotina, como o não uso de dispositivos móveis por 30 minutos antes de se deitar, melhorar a sua alimentação, praticar atividade física regularmente, controlar estresse e ansiedade, entre outros. 

No entanto, se apenas essas mudanças de hábitos não forem suficientes, os médicos do Instituto Neurológico do ES podem iniciar um tratamento medicamentoso, conforme características físicas do paciente para determinar o tipo de medicamento, a quantidade e outros fatores relevantes. 

Agende uma consulta e trate o seu Distúrbio do Sono

No Inest, existem médicos especializados em neurologia clínica, neurofisiologia, neuropediatria e neurocirurgia disponíveis para consultas e exames que viabilizam melhorar a sua qualidade de vida, bem como identificar as causas do distúrbio do sono e indicar o melhor tratamento para solucioná-lo. 

Agende uma consulta no Instituto Neurológico do ES e cuide da sua saúde.

Outras Postagens

O que é o Sistema Nervoso Periférico?

O que é o Sistema Nervoso Periférico?

Visão Geral do Sistema Nervoso Periférico Você já ouviu falar em doenças do sistema nervoso periférico? Não!? Então, é importante ficar atento a este assunto. O sistema nervoso periférico, mais precisamente, é uma das divisões do sistema nervoso central. Nesse...

ler mais
Sequelas cognitivas pós Covid-19

Sequelas cognitivas pós Covid-19

A Covid-19 se tornou um pesadelo na vida de todas as pessoas, principalmente, aquelas que já foram infectadas pelo vírus. Também conhecida como coronavírus SARS-CoV-2, a doença pode provocar sequelas cognitivas, respiratórias ou motoras que exigem cuidados frequentes....

ler mais